Para celebrar o centenário de Paulo Freire, o MST está realizando uma caravana pelo estado do Paraná para fazer a entrega dos bustos do educador popular.

Na tarde da última sexta-feira (20/08), aconteceu na sede da Assesoar, em Francisco Beltrão, o acolhimento do 57º busto de Paulo Freire, entregue por integrantes do setor de educação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que estão percorrendo o estado do Paraná em uma caravana para levar as imagens do educador popular há vários espaços.

A acolhida do busto entregue na sede da Assesoar, foi feito através de uma mística sobre os ensinamentos de Paulo Freire para a instituição, e também para celebrar junto aos companheiros do MST o centenário do educador popular.

“Para nós da Assesoar foi grande a alegria quando fomos convidados pelos companheiros do MST a receber o busto de Paulo Freire aqui em nossa sede, entendendo que não é a imagem apenas que está circulando pelos espaços, mas sim a história e pedagogia de luta que esteve sempre presente nos nossos espaços, mas que cada vez mais precisa ser relembrado, trabalhado e debatido em todas as nossas ações”, disse Cristiane Katzer, da direção da Assesoar.

A Assesoar em seus anos de história, sempre levou e trabalhou a pedagogia de Paulo Freire, tendo como base a educação popular nos trabalhos e ações desenvolvidas. Por isso, a vinda do busto é uma maneira de relembrar este educador popular e apresentar para o povo, os seus conhecimentos e contribuições para as lutas da classe trabalhadora.

“Que possamos continuar seguindo o legado de Paulo Freire, com sua história aprendemos, e nos alicerçamos, e mesmo diante dos contextos de perdas e retrocessos da classe trabalhadora sigamos esperançosos do verbo esperançar, como dizia o próprio Paulo Freire”, exprime Cristiane.

Jornada Nacional Viva Paulo Freire – A caravana integra as ações da Jornada Nacional Viva Paulo Freire, que o MST vem realizando desde o início do ano nos acampamentos e assentamentos de todo o Brasil. Com ações culturais e educativas, o Movimento visa celebrar o Centenário de Paulo Freire e ampliar o legado desse grandioso educador popular.

“A caravana Paulo Freire em Movimento tem circulado em todas as regiões do Paraná para construir o acolhimento do busto de Paulo Freire com as comunidades, universidades, entidades populares e sindicais que aderiram a essa iniciativa”, comenta Valter de Jesus Leite, da coordenação do MST.

Serão entregues ao todo aproximadamente 70 imagens de Paulo Freire em acampamentos, assentamentos, escolas, Armazéns do Campo, entidades populares, universidades e sindicatos.

“Os momentos místicos de acolhida dos bustos têm sido um vigoroso momento de reflexão dos princípios da educação popular, de projeção dos atos políticos culturais de fixação dos bustos, e de cultivar processos educativos enquanto prática de liberdade da classe trabalhadora”, enfatiza Leite.

Posts Recomendados

Ainda sem comentário, adicione o seu abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *