Home » Destaque, Novidade

FÓRUM DE ENTIDADES ENTREGA CARTA SOBRE PREVIDÊNCIA A DOM EDGAR

Amaro 21 março 2017 0 Comentários

bispo1

FÓRUM DE ENTIDADES ENTREGA CARTA SOBRE PREVIDÊNCIA A DOM EDGAR

Na tarde do dia 08 de março dia internacional da mulher o Fórum Regional das Organizações e Movimentos do Campo e da Cidade, Sudoeste – Paraná entregou Carta do Sudoeste sobre a previdência “A PREVIDÊNCIA É DIREITO DE TODOS!” ao Bispo Diocesano Palmas – Francisco Beltrão Dom Edgar Xavier Ertl.

Entre os vários pontos a Carta apresenta informações relevantes sobre a real situação da previdência, destacando que a previdência não é deficitária e sim tem um superavit, além do governo ter perdoado dividas bilionárias com a previdência de grandes empresas.

A carta manifesta a posição das entidades contra a PEC 287, que trata da reforma da previdência proposta pelo Presidente Michel Temer. (Leia na integra abaixo)

Para as lideranças que participaram do encontro a reforma da previdência significa um retrocesso que trará aos trabalhadores e aos municípios consequências gravíssima.

Dom Edgar ao receber a Carta manifestou também que esta acompanhando os debates, mas que também tem preocupações e destaca a importância da participação do povo nos debates e espaços de decisões.

O Fórum das entidades também apresentou um calendário de atividades que estarão realizando no próximo período.

NENHUM DIREITO A MENOS

Carta do Sudoeste sobre a previdência

Sudoeste do Paraná, 27 de fevereiro de 2017

A PREVIDÊNCIA É DIREITO DE TODOS!

Nossos direitos estão sendo feridos de morte. A sociedade brasileira está sofrendo mais um golpe com o desmonte da Previdência. A Previdência é um direito conquistado na Constituição de 1988, mediante a luta e organização popular, para assegurar uma vida digna ao povo brasileiro. Contudo, a PEC 287 apresentada pelo governo visa retirar o direito à aposentadoria de milhões de trabalhadores sob diversas falácias, tais como a de que ela é deficitária. MENTIRA!

A Previdência é parte da Seguridade Social e há diversas formas de financiamento e receitas que garantiram sua sustentabilidade e um superavit de R$ 11 bilhões em 2015, sem contarmos que houve R$ 157 bilhões e 647 milhões de desonerações cedidas às grandes empresas, no mesmo ano. Caso essas desonerações não fossem feitas o superavit da Seguridade seria superior a R$ 168 bilhões, segundo dados da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP).

Com esta (contra)reforma o governo pretende repassar dinheiro à grandes bancos através da previdência privada e fundos de pensão, e, desvinculando a receita da União através da DRU, transferir dinheiro para o pagamento de juros e amortização da dívida pública (dívida esta que é questionável e nunca passou por uma auditoria). Dinheiro que é retirado do bolso do povo e destinado ao capital financeiro.

Em contrapartida à ré-forma da previdência afirmamos a necessidade de auditar a dívida pública, acabar com as desonerações previdenciárias cedidas às grandes empresas, assim como, cobrá-las de suas dívidas ativas com a Previdência. Não é povo brasileiro que tem que pagar esta conta!

Por isso o Fórum Regional das Organizações e Movimentos do Campo e da Cidade/Sudoeste do Paraná se posiciona de forma contrária a esta Reforma da Previdência apresentada através pela PEC 287.

NENHUM DIREITO A MENOS!

bispo2



Deixe um comentário!

Coloque o seu comentário abaixo, ou link de volta a partir do seu site. Pode também subscrever estes comentários via RSS.

Seja cordial. Respeite o assunto do tópico. Não faça spam.

Pode usar estas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este blog usa Gravatares. Para obter o seu próprio avatar-globalmente-reconhecido, por favor registe-se em Gravatar.